segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

.Fashion Rio Inverno 2011 - parte 2.

.Maria Bonita Extra. 


Uma mistura do ballet e do esporte fez da coleção da Maria Bonita Extra uma das mais bonitas do Fashion Rio. Sem obviedades, com muita transparência, cortes mais retos e belos acentos de cores em meio a tons de pele, esta coleção trouxe frescor e mais maturidade para a marca. Nos pés, belas sapatilhas com amarrações grossas nos tornozelos e oxfords em caramelo. Adorei também a maquiagem e o cabelo. Bem bonitos e naturais.

  
.Acquastudio.
 

O tema escolhido para este inverno pela Acquastudio foi um dos que eu mais gosto: arquitetura moderna e contemporânea. Com muitas formas assimétricas e estruturadas e uma cartela muito sofisticada, a grife brincou com o sentido dos fios através da moulage, criando recortes geométricos e novas padronagens. Sendo uma marca de moda festa, grande parte da coleção é composta por vestidos de diversos comprimentos. O charme desse inverno foi representado, em parte, pelas luvas e a diversão, pelos sapatos pesados e mais masculinos. No quesito beleza, com certeza, esse foi o meu cabelo favorito.

  
.Alessa.

 

O desfile mais divertido do Fashion Rio. Muitas texturas e estampas coloridas, modelagens amplas e confortáveis, brilhos e comprimentos mais longos representam o inverno de Alessa. Quase tudo isso, simultaneamente. O tema “Doce Lar”, não é literal. As estampas, presentes em quase todos os looks, são de balas e cupcakes e a cartela de cores é um verdadeiro arco-íris. Dos pés à cabeça, as escolhas do styling puxam para o exagero, mas, nesse caso, achei coerente. Na realidade, o que mais gostei nesse desfile foi sua atitude de não ligar para padrões. Não é uma coleção sensual, nem das mais femininas. Também não é sofisticada. Mas, é alegre e me transmite boas sensações. Acho que esse era o intuito da estilista.
  

.Melk Z-da.


Baseado numa lenda de Fernando de Noronha na qual uma mulher de longos cabelos seduzia os homens e os transformava em caveiras, a coleção de Melk Z-da foi, se não a mais, uma das mais conceituais do Fashion Rio. Usando cabelos e franjas de tapetes, suas peças estruturadas, volumosas e cheias de recortes orgânicos ficaram equilibradas com as sedas transparentes bordadas ou estampas com desenhos simulando os fios. Com uma cartela de cores muito bonita, o branco esteve presente em quase todos os looks.


.Filhas de Gaia.


Sensualidade, sofisticação e mistério definem bem o inverno da Filhas de Gaia de uma forma bem equilibrada. Com uma cartela sóbria e refinada, a marca misturou peças inspiradas em alfaiataria, com muita seda, transparência, decotes e fendas. Além da estampa inspirada nas padronagens de gravatas, acessório muito trabalhado nesta coleção, a marca Filhas de Gaia trouxe lindas estampas bicolores em seus vestidos e saias esvoaçantes. Gravatas vierem trançadas umas nas outras, formando cachecóis e acinturando vestidos e casacos.



.Nica Kessler.


Com um visual bem nostálgico, Nica Kessler criou um inverno bem ladylike. Mangas e calças bufantes, comprimentos mais comportados, com muitas estampas delicadas (ponto forte da coleção), cintura marcada, muitos tecidos mesclados e sedas em vestidos e blusas. Foi uma coleção bonita, mas, sem grandes surpresas. A contemporaneidade foi focada nos pés das modelos com sandálias abotinadas.

.R. Groove.
 
Gosto muito de moda masculina e a coleção da R. Groove foi uma das minhas preferidas. Comercial, mas, muito bem feita, desde o trabalho com as muitas texturas e sobreposições, até a entrada de cores mais quentes e terrosas após diversos cinzas e preto. O tema escolhido pelo estilista remetia a um eterno viajante da atualidade. Os modelos carregavam malas e colchonetes estampados com padronagens étnicas. Uma ótima mistura de peças contemporâneas do streetwear, com muitas estampas inspiradas em elementos indígenas norte-americanos.


.Por Raquel. 

sábado, 29 de janeiro de 2011

.Fashion Rio Inverno 2011 - parte 1.

Gostaria de já ter postado sobre o Fashion Rio. Mas, como queria ver todos os desfiles com calma e escolher o que encontrei de mais interessante, precisei de um tempinho para organizar tudo. 
 
Quase em todas as coleções, a presença da cor amarela foi muito forte: amarelo ouro, dourado, amarelo canário, mostarda, camelo e por aí vai. Tendência já consumada nas temporadas internacionais. Até que demorou pra ele aparecer em nossas coleções. É uma das cores que mais gosto. Já as demais cores, como em todo ano nessa estação, são: muito preto, cinza, marinho, vinho e o também já em voga verde militar. 
 
Os tops larguinhos e acima do umbigo e saias e vestidos longos também apareceram em quase todas as marcas. Prefiro bem mais esse tipo de top sobrepondo outra peça, exatamente como muitos a mostraram em suas coleções. Já as saias e vestidos, vieram quase sempre em tecidos finos e muitas vezes com leve transparência. Gostaria de tê-los visto com mais frequência em tecidos estruturados, como por exemplo, em linho.

Para não ficar cansativo, vou postar em duas partes.

Espero que gostem!
 

.British Colony.

 

 

As palavras que definem bem o desfile da British Colony são: conforto e leveza. Conforto pelas peças serem mais larguinhas e bem cortadas. Leveza por trazerem uma cartela mais característica do nosso verão, bem náutica. Gosto muito dessa mistura de alfaiataria e streetwear. Junto com a cartela de cores escolhida e estampas, em sua maioria gráficas, funcionou muito bem. Dá vontade de usar o ano todo.

 

.Cantão.

 

 

A Cantão mais uma vez trouxe fidelidade ao seu estilo: soltinho, colorido, gostoso de ver e de usar. Em uma super mistura de estampas florais e gráficas, a marca trouxe uma cartela cheia de rosas, roxos, laranjas e azuis, sem esquecer do vermelho e do amarelo. O mais interessante no desfile foi a variedade de óculos divertidos e de armações grossas.


.Francesca Romana Diana.

 


Com pedras, conchas, folhas e estampas de nossa fauna e flora brasileira, a coleção da designer de bijuterias de luxo, Francesca Romana Diana, italiana radicada no Brasil há muitos anos, foi muito bonita. Suas peças são mais que simples acessórios, elas falam mais alto e são o alvo de atenção pelo tamanho e mistura de materiais, aonde quer que passem.


.Totem.




O ponto mais alto do desfile da Totem foram as texturas. Pelo vídeo e pelas fotos não consegui entender se a textura que parece um favo de mel é um tecido estampado ou um jacquard, mas, de qualquer maneira achei muito bonito o trabalho nas cores escolhidas. Assim como em outras grifes com essa pegada praiana, a Totem trouxe formas amplas e estampas geométricas. Além disso, achei o piso da passarela muito bonito e combinou perfeitamente com a coleção.


.Lucas Nascimento.

 



Para mim, este foi um dos melhores desfiles do Fashion Rio. Lucas Nascimento trouxe uma mistura de tricôs e neoprene clean, com ares futuristas, muita sofisticada e uma linda cartela de cores, nada óbvia. Mesmo com volumes e estruturas pouco femininas em muitas das peças superiores, o estilista encontrou em transparências e saias que delineiam o corpo das mulheres a melhor maneira de balancear sua criativa coleção. Vale a pena observar que as cores dos batons são exatamente as mesmas da cartela da cores das roupas.


.OEstudio.

 


De propriedade cultural e de consciência social, o desfile do coletivo de designers OEstudio foi com certeza de muito valor não somente para nós brasileiros, mas, para qualquer pessoa. “Com Consciência Negra” foi o tema escolhido para este inverno. Predominaram as cores preto, branco e vermelho e foram utilizadas diversas texturas em peças mais largas e com recortes geométricos. As estampas de toques de tintas representam “banhos” em busca de igualdade e renovação. As máscaras usadas por alguns dos modelos foram o diferencial do desfile, muito lindas.


.Têca.

 

 

A coleção da Têca para este inverno veio cheia de sedas estampadas, peças extremamente femininas e uma cartela suave de tons terrosos. Com looks quase sempre acinturados, a coleção traz uma nova releitura do Japão. Um tema um tanto quanto já utilizado, mas, geralmente bonito e bem recebido. Achei os acessórios bonitos também: porcelanas quebradas amontoadas como colares e grandes xícaras como brincos de um lado só.



.Por Raquel.


sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

.Nossas Meias.

    Imagens reprodução


Não é novidade nenhuma que as meias agora fazem parte do guarda-roupa feminino mais do que nunca. As meinhas são um truque de styling que moderniza e traz charme para qualquer produção! Elas vêm aparecendo em grandes desfiles: da Burberry, da Vuitton, Ralph Lauren, Dior e Marc Jacobs. Não somente as soquetes, mas, as 3/4 e as 7/8 estão com tudo nesta estação.
 
Meus desejos de inverno já estão se revelando e com eles vieram as produções feitas usando-se meias com oxford, sapatilhas, ankle boots e até com salto alto. Sempre brincando com as texturas e comprimentos.




            Imagens reprodução




Não vejo a hora da temperatura desse meu Brasil baixar um pouco para eu poder colocar as manguinhas de fora e as meinhas também! 


.Por Fabíola.



                                                  

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

.Coffee Party.


Batom Dior nº 275



Cafeteira que ganhei de presente. Mascote do blog  =)





Blusa Bob Store . Saia Le Lis Blanc . Sandália Schutz
Vestido vintage . Clog Arezzo
 





.Por Raquel.



sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

.Tell Me 'bout It.









 Bata Noir vintage . Jeans Zara . Sandália Guaraná Brasil


 

Tell me 'bout it . Tell me how you feel . And if the feeling's real . Tell me what's the deal




quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

.Tropical.










Regata Zara . Saia vintage . Plataforma Arezzo . Bolsa Lenny & Cia



 

.Liquidação Balangandã.

A partir do dia 20 ainda deste mês, mais precisamente, amanhã, começa a rolar a liquidação das peças lindas da marca de roupas infantis Balangandã




Os descontos funcionam da seguinte maneira:

Acima de 4 peças - 20% desconto . Acima de 7 peças - 30% desconto . Acima de 10 peças - 50% desconto

Vale muito a pena gente!!! As peças são umas graças e super bem acabadas!

Abaixo algumas das peças que estarão à venda:

Shorts Borboleta R$89,00 . Bata Borboleta R$116,00

Saia Tule R$152,00 . Regata Básica uva R$52,00

Regata Básica vermelha R$52,00 . Blusa Bolso Flor branca R$116,00 . Bolsa Trança R$44,00